Deixe seus dados que entraremos em contato



    BRASÍLIA/DF

    SAUS, Quadra 5 | Bloco N | Lote 2 | 10º andar Tel.: +55 (61) 3208-1155

    SÃO PAULO/SP

    Rua Estados Unidos 367, Jardim Paulista | Tel.: +55 (11) 2050-2410

    Club House

    Postado por em

    Redes Sociais

    A expansão do mercado de áudios ganha mais um aplicativo

    Faz mais de um século que Graham Bell inventou o telefone e, de lá pra cá, as pessoas quase pararam de utilizá-lo para falar. Agora, é possível ver por aí, mais uma vez, o interesse na criação de conteúdo apenas por meio da fala.

    Criado por Rohan Seth, ex-funcionário do Google, e pelo empresário do Vale do Silício Paul Davison, o Club House é um dos novos aplicativos que apostam na expansão no mercado do áudio – e tem funcionado. O app funciona através de salas de bate-papo, reúne 2 milhões de usuários e está avaliado em 1 bilhão de dólares.

    No entanto, o Club House demonstra um perfil excludente, uma vez que novos usuários são aceitos por meio de convite. Funciona assim: ao receber um convite e criar um perfil na plataforma, o usuário tem direito a convidar outras duas pessoas. Com a liberdade de acesso à plataforma, contudo, o novo usuário também passa a ter obrigações, ficando responsável pelas ações de seus convidados na rede. Em outras palavras, se o novo usuário infringir alguma regra do aplicativo, ambos são expulsos.

    Nada de foto, vídeo, textos ou correntes de fake news compartilhadas. Apenas salas onde as pessoas se reúnem e conversam ao vivo sobre temas diversos. Sendo assim, os produtos principais do Club House são o assunto e quem está falando sobre ele. E é por ter pessoas como Elon Musk, o homem mais rico do mundo, participando de conversas na plataforma que o app explodiu nos últimos dias. Além dele, outras personalidades como Oprah Winfrey, Drake e Ashton Kutcher também já entraram na onda. No Brasil, Boninho, o diretor do Big Brother Brasil, também alavancou o interesse pelo app ao conversar sobre ele no reality show.

    É importante destacar que no Club House não é possível reproduzir conteúdos antigos, como em conversas do WhatsApp – tudo o que é dito nas salas é em tempo real. Na maioria das vezes os bate-papos têm temas definidos. Mesmo assim, é possível criar espaços livres, para chamar amigos e falar sobre variados assuntos. Em reuniões grandes, um moderador controla o fluxo da conversa, e é possível pedir o direito de fala com um emoji de “mão levantada”. Já em conversas pequenas, todos os participantes podem permanecer com o microfone aberto – caso o moderador o permita.

    O Club House estabeleceu um limite para ouvintes de 5 mil pessoas simultâneas e não existe a possibilidade de gravar as conversas das salas, uma vez que elas não ficam armazenadas dentro da plataforma. No entanto, a falta do recurso culminou na realização de denúncias de assédio e racismo. Portanto, em outubro de 2020, o aplicativo publicou uma nota condenando racismo, discurso de ódio e abusos e afirmou que pretende criar medidas para que os moderadores possam bloquear ou denunciar salas que violem os termos do aplicativo.

    As salas do aplicativo podem ser:

    • públicas, onde qualquer pessoa pode participar;
    • sociais, onde só quem tiver autorização pode entrar;
    • privadas, ondeapenas quem o moderador convidar pode participar.

    No momento o Club House está disponível apenas para usuários de IOS, o sistema operacional da Apple. Seu sucesso tem feito com que os usuários Android questionem quando haverá uma versão na Google Play. Entretanto, a empresa ainda não anunciou uma data.

    Como ser convidado para o Club House?

    Quem deseja entrar na plataforma pode fazer o download do aplicativo e entrar em uma lista de espera – que é sincronizada com os contatos do celular. Caso algum contato do usuário que se registra já faça parte da plataforma no momento da inscrição, aquele poderá permitir o ingresso deste.

    Apesar de cada usuário possuir o direito de convidar apenas duas pessoas, quanto mais interação fizer na plataforma, mais pessoas poderá convidar.

    CONTATOS

    Brasília/DF
    SAUS, Quadra 5 | Bloco N | Lote 2 | 10.º andar
    São Paulo/SP
    Rua Estados Unidos 367, Jardim Paulista