Deixe seus dados que entraremos em contato



    BRASÍLIA/DF

    SAUS, Quadra 5 | Bloco N | Lote 2 | 10º andar Tel.: +55 (61) 3208-1155

    SÃO PAULO/SP

    Rua Estados Unidos 367, Jardim Paulista | Tel.: +55 (11) 2050-2410

    Redes sociais: sua empresa precisa estar em todas elas?

    Postado por em

    redes sociais

    Atualmente, é muito difícil encontrar alguma pessoa que não tenha pelo menos uma conta nas redes sociais. Por serem ferramentas grátis e de potencial alcance de bilhões de pessoas, esses meios de comunicação se tornaram fundamentais para as empresas. Mas será que, realmente, é necessário estar presente em todas as redes sociais? 

    Na década de 1990, com a chegada da internet, os sites de empresas apareceram como importantes canais para o posicionamento de marca e de ampliação de acesso ao mercado. Basicamente, ofereciam produtos e serviços, e eram um meio de construção de relacionamento com o cliente, independentemente das barreiras geográficas.

    Com o passar dos anos, a internet se expandiu, trouxe novos recursos e proporcionou acessibilidade da população, isto é, da potencial clientela, por meio de ferramentas como as redes sociais. Observando esse movimento, as empresas se adequaram a essa nova realidade e começaram a ver nesse ambiente a oportunidade de vitrine e de aproximação de seus clientes.


    Outra característica interessante dessas plataformas é a democratização e a facilidade de compartilhamento das informações, de conhecimento e interesses entre as pessoas, além de fomentar o networking e ser uma ferramenta que auxilia as empresas em processos de seleção. Nesse sentido, pode-se dizer que a rede social pode dar voz às pessoas, logo, mais importância à opinião pública.

    A presença das empresas nas redes sociais, no entanto, deve ser vista com cautela. A empresa não tem a obrigação de criar um perfil em todas as redes sociais que encontra para ter uma estratégia de marketing digital completa. Isso ocorre porque cada rede possui um público específico, exige uma linguagem particular e busca um objetivo diferente. Assim, é necessário analisar qual delas se encaixa melhor no perfil de cada instituição. O estudo de público é essencial para a definição de qual rede sua empresa poderá se beneficiar. O caminho do sucesso para uma boa estratégia de marketing não é ter sua marca em muitas redes sociais, mas ela ser bem desenvolvida nas poucas em que estiver.

    Sites institucionais

    Com o protagonismo das redes sociais, é possível perceber o declínio dos websites de empresas no quesito de relevância, como podemos ver na pesquisa da TIC Empresas 2019, divulgada pelo Cetic.br. O estudo apontou que, enquanto sites são usados por 54% das pequenas ou médias empresas, a presença em alguma rede social é muito maior e chega a 78%. Como já informamos aqui, os sites ainda têm sua funcionalidade dentro das estratégias de marketing digital. Suas demandas, no entanto, se mostram diferentes nos últimos cinco anos. A forma de se trabalhar com eles mudou, pois agora eles precisam ser alimentados com conteúdo mais específico, ou seja, não se coloca tudo em um site, mas tudo o que nele for incluído deve se ter um propósito. Se quiser entender mais sobre esse assunto, no blog da Icom tem um artigo explicando a relevância dos sites para as empresas, basta clicar aqui.

    CONTATOS

    Brasília/DF
    SAUS, Quadra 5 | Bloco N | Lote 2 | 10.º andar
    São Paulo/SP
    Rua Estados Unidos 367, Jardim Paulista